Meu filho não dorme – 8 Hábitos que prejudicam o sono

Fazer um filho dormir bem, na grande maioria das vezes não é uma tarefa simples. Não se trata apenas de obrigá-los a dormir, e sim de mostrar a eles que conseguem dormir sozinhos, sem presença de mais ninguém. Uma das frases mais escutadas é: “Meu filho não dorme a noite”.

Quando ocorre de o filho não dormir bem, acordar durante a noite, isso reflete diretamente na rotina dos pais. O cansaço vai se acumulando ao longo dos dias, o estresse – Mesmo que involuntário. São problemas comuns, e é estimado que aproximadamente 40% das crianças possuem problemas para dormir.

Meu filho não dorme

Resolvemos preparar um compilado com 8 hábitos que prejudicam o sono das crianças, e que deve ser combatido piamente pelos pais. Não existe uma ordem cronológica de quais hábitos são mais ou menos importantes, cabe a você identificar quais se encaixam em seu dia a dia:

1 – Luz branca à noite

Esse é um dos campeões dentre os hábitos que fazem crianças e até mesmo adulto terem o sono prejudicado. A indicação é evitar tablets, smartphones e televisão uma hora antes de dormir. A exposição à luz desses aparelhos atrapalha diretamente a produção do hormônio do sono, conhecido como Melatonina.

2 – Dormir fora da cama

Muitas vezes a criança dorme no colo da mãe ou na sala, por exemplo. Ao acordar no meio da noite por qualquer motivo, ela se assusta por estar em um ambiente diferente ao qual adormeceu. Isso faz com que ela tenha dificuldades em retornar  o sono novamente.

3 – Dormir tarde e acordar tarde

Quando a criança cria o hábito de dormir muito tarde, isso influencia diretamente na produção do hormônio do crescimento, isso afeta seu desenvolvimento como um todo. Além disso, sempre estará mais agitada durante a noite, o que causará despertar repentinos no meio da noite.

Qual a consequência mais óbvia após a criança dormir muito tarde? Exatamente, acordar tarde. Isso faz com que o relógio biológico fique constantemente desregulado, e influenciará no adormecer mais tarde. Esse processo se torna um ciclo vicioso e vai ficando cada vez mais difícil corrigir, por isso mantenha uma rotina de dormir cedo.

4 – Não dormir durante o dia

Muitos pais acreditam que a soneca durante o dia vai atrapalhá-los a dormir à noite, porém isso não é verdade. O sono durante o dia tem a função de descansar a criança e estimular o seu desenvolvimento. Mas isso não é uma dica para deixar que durmam o tempo todo, sim que entendam que o sono tem diversas funções e horários.

5 – Acordar a criança no meio da noite para alimentá-la

Não existe a necessidade de despertar a criança para se alimentar no meio da noite, a não ser em ocasiões especiais. Até mesmo o sistema digestório da criança precisa de descanso, já que trabalha ativamente durante todo o dia.

Quando se cria o hábito de acordar a criança no meio da noite, isso afetará futuramente, pois ela estará acostumada a acordar para comer durante a madrugada. Muitas vezes esse é um dos motivos pelo qual o filho não dorme uma noite inteira de sono.

Meu filho não dorme: Atividade física pouco antes do sono

6 – Atividade física pouco antes do sono

Um dos erros mais comuns ao ouvir de pais que dizem “meu filho não dorme” é que costumam acreditar que quanto mais atividades a criança praticar durante o dia, e se cansar, mais ela irá dormir. Mas isso, acredite, é um erro crucial.

Quando praticamos atividade física, estimulamos a liberação de cortisolHormônio do estresse – e com isso afeta diretamente o momento em que ela se deitará para relaxar e adormecer.

A atividade física pode e deve ser estimulada em crianças, porém nos horários e intensidades corretas. Se utilizado da forma correta, será de grande auxilio no sono, no entanto evite atividades físicas perto da hora de dormir.

7 – Ambiente não propício ao sono

Diversas pesquisas confirmam que o ambiente de sono deve ser o mais calmo possível. O ideal é que o ambiente esteja totalmente escuro e silencioso. Sabemos que é difícil lidar com sons externos, como buzinas, carros de som, entre outros.

Porém nossa missão é eliminar esses ruídos ao máximo possível, e também eliminar barulhos internos. Televisão ligada é um dos mais comuns, pois muitas pessoas gostam de adormecer ouvindo, entretanto isso não é o mais correto.

8 – Distúrbios Biológicos

Existem alguns distúrbios biológicos que podem interferir diretamente no sono, tanto de crianças quanto e adultos. Nesse caso, se nenhuma das opções anteriores se encaixa no seu problema, sugerimos consultar com um especialista. Só assim o problema real será conhecido e poderá ser tratado.

Enfim, dormir bem!

Pesquisamos bastante para encontrar dicas que realmente pudessem ajudar você a repetir a temida frase: Meu filho não dorme. E são dicas que vem sendo utilizadas por milhares de pais e melhorando suas noites de sono consideravelmente.

O primeiro passo para aplicar o que foi ensinado aqui, é identificar quais as causas mais se adequam ao seu caso. São diversas as possibilidades para seu filho não dormir direito, por isso identificar a causa é sempre o primeiro passo para a resolução do problema. Gostou? Compartilhe esse artigo, pois ele pode ajudar outros pais que passam pelo mesmo problema que você.

Deixe seu comentário abaixo nos dizendo se você passa ou já passou por isso, e quais foram suas experiências sobre o assunto. Essa troca de informação com outros pais, pode ser interessante para todos, mas só vai funcionar se você deixar também seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *